Diretor executivo da Facisc participa da reunião de diretoria da ACIL


A Facisc é o maior hub empresarial catarinense. Atuando há 48 anos, a federação representa 148 Associações Empresariais, reunindo mais de 34 mil empresas de diversos portes e segmentos e está presente em 220 municípios catarinenses

Foto: Divulgação

Os empresários da Associação Empresarial de Lages receberam na reunião desta segunda feira, 09/03, Gilson Zimmermann, diretor executivo da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). Na reunião, ele apresentou à diretoria os focos de atuação e as soluções oferecidas pela federação.

A Facisc é o maior hub empresarial catarinense. Atuando há 48 anos, a federação representa 148 Associações Empresariais, reunindo mais de 34 mil empresas de diversos portes e segmentos e está presente em 220 municípios catarinenses. As diretrizes de atuação da Facisc representatividade tendo como objetivo estratégico posicionamento e opinião; melhoria do ambiente empresarial com o objetivo de inovação; sustentabilidade com o objetivo de geração de valor e cidadania; e fortalecimento do sistema Facisc, com o objetivo de promover a capilaridade.

O executivo da Facisc destacou o Programa Empreender cujo foco principal é facilitar para que empresários trabalhem juntos para encontrar soluções para problemas comuns. Em Santa Catarina, são 599 núcleos de 56 segmentos diferentes, além dos conselhos estaduais do Jovem Empreendedor, da Mulher Empresária, de Automecânicas, de Imobiliárias e de Inovação.

A Facisc possui diversas soluções voltadas ao crescimento das empresas, das associações e da sociedade como um todo. De acordo com Zimmermann, a maior receita da Facisc são as soluções empresariais, responsáveis por cerca de 94% das receitas no ano de 2019. A receita é composta pelas soluções comercializadas pelas Associações Empresariais que pagam um percentual do valor para a federação e alguns produtos que são comercializados em outros estados, como é o caso do Sigaem, o sistema de gestão utilizado pelas associações.

Sobre a família de cartões UTIL, o executivo explicou que, um levantamento feito no final de 2019, mostrou que são mais de 353 mil cartões ativos em 332 cidades de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso, que são comercializados pelas associações. “A média de transações dos cartões UTIL, em 2019, é de 5.610.463. São realizadas cerca de 11 transações por minuto”, contou ele.

A federação conta com um importante projeto de Compliance. Para isso, foi criado um Comitê de Sustentabilidade Interna que fez a estruturação dos pilares do programa de integridade interna e o mapeamento de risco. Com isso, a Facisc passou a integrar o Grupo De Trabalho Anticorrupção Pacto Global, em São Paulo, sendo a única entidade de Santa Catarina a fazer parte deste grupo. Zimmermann destacou ainda que, Santa Catarina está entre um dos sete estados escolhidos pela transparência internacional para fazer um trabalho sobre a questão de corrupção. “A Facisc foi procurada, por indicação do Governo do Estado, para ser o órgão privado que vai atuar nisso. Nós vamos disseminar todo o trabalho que a gente faz no compliance”, declarou ele.

Outros projetos realizados pela Facisc, são o DEL, que é um modelo de gestão para o desenvolvimento das regiões, garantindo a continuidade dos projetos de interesse da comunidade; o Programa Ambiental, que tem a premissa de incentivar o desenvolvimento sustentável das cidades e empresas catarinenses através da realização de programas, projetos e soluções ambientais; o Geração Empreendedora, que busca despertar, estimular e orientar o desenvolvimento do espírito empreendedor e a cultura associativista junto dos estudantes de ensino médio, e o Projeto Voz Única, que busca unificar a voz da classe empresarial em torno das questões e bandeiras em prol do desenvolvimento econômico de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *