Cerca de 400 famílias de baixa renda já receberam caixas d’água da Semasa


Nesta semana iniciou instalações no Guarujá, beneficiando cerca de cem famílias

O projeto de instalação de caixas d’dágua em residências de famílias carentes, através da Secretaria de Águas e Saneamento (Semasa), teve início em julho do ano passado. De lá para cá, exatamente 392 caixas foram instaladas, em diversos bairros. O objetivo é dar mais conforto e qualidade de vida, contemplando pessoas com menor poder aquisitivo e sem condições de ter o reservatório em casa, e assim evitar escassez de água, principalmente nos dias mais críticos do verão.

As caixas, de 310 litros, são doações de empresas parceiras do projeto, e a mão-de-obra da instalação fica por conta da Semasa. Antes de dar início à execução do projeto, uma equipe da Secretaria percorreu os bairros e realizou reuniões com as comunidades que seriam beneficiadas. Um levantamento apontou as famílias que contam com a tarifa social na conta da água. “Verificamos a residência e a real necessidade desta família, para aí sim receberem o benefício. Só ganha quem realmente precisa”, esclarece o diretor administrativo financeiro da Semasa, Arthur Edmundo Arruda Scur.

O primeiro bairro a receber foi o Gralha Azul, com a instalação de 78 caixas, em seguida foi o Guadalajara, com 68, o Novo Milênio, com 118, o Santa Helena, com 98 reservatórios e o Vista Alegre, com 26 caixas. As comunidades do interior também foram contempladas, sendo a localidade de Macacos a primeira, com a instalação de uma caixa de cinco mil litros. A localidade de Santa Terezinha do Salto recebeu duas caixas de dez mil litros cada, e o Distrito de Índios também uma caixa de cinco mil litros.

Nesta semana iniciou as instalações no bairro Guarujá, beneficiando cerca de cem famílias. “A meta do projeto até o final do ano é chegar a mil caixas instaladas”, garante Arthur Edmundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *