Alunos do Senai criam carro controlado pelo celular



Os estudantes da turma Aprendizagem Industrial de Eletrônico de Manutenção para a criação de Projetos Eletrônicos surpreenderam com a criação de carros comandados por meio da conexão sem fio. O evento para apresentar as invenções ocorreu nesta quinta-feira (5) no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e atraiu um público de cerca de 1 mil pessoas entre alunos da instituição, familiares, empresas e estudantes de escolas de Lages.

Baseados na internet das coisas, que é uma rede de objetos físicos, veículos, prédios e outros que possuem tecnologia embarcada, sensores e conexão e é com rede capaz de coletar e transmitir dados, os alunos vivenciaram no projeto Smart Car uma situação de aprendizagem. Enquanto aprenderam os conteúdos na teoria, o projeto apoiou o desenvolvimento da prática.

Para o evento, os estudantes receberam o desafio de desenvolver um produto bom e atrativo suficiente para serem contratados para o cargo de uma empresa fictícia. Divididos em grupos, eles se apresentaram e fizeram suas defesas de terem na equipe mão de obra qualificada para elaboração, execução e manutenção de projetos na área de Tecnologia Eletrônica.

“A ideia foi proporcionar aos estudantes do curso um trabalho multidisciplinar, integrando diversos conhecimentos teóricos e práticos, além de tornar a aprendizagem mais atrativa e mais significativa a eles”, explica o professor Sandro Aguiar.

Na batalha de robô sumô

Exatamente como numa luta original de sumô, na qual dois lutadores se enfrentam em um ringue de formato circular, os carros construídos pelos estudantes se enfrentaram numa batalha de robôs. A competição é tão atrativa que o Senai vai realiza-la num shopping da cidade no próximo semestre.

Os modelos foram pensados e criados inteiramente pelos próprios alunos. Eles idealizaram o aplicativo para o celular para poder guiar o carro com internet sem fio e pensaram no desenho dos smart cars, por exemplo.

No grupo do Carlos Silva, de 15 anos, a tarefa foi elaborar um projeto utilizando o programa CAD em que as peças com material derivado da madeira encaixassem perfeitamente para evitar erros na montagem.  “O que mais me surpreendeu foi o avanço da tecnologia para fazer tudo isso”, diz o estudante empolgado com o resultado do esforço de toda a turma.

Além dos carros, os alunos também apresentaram uma roleta eletrônica construída no mesmo intuito de aliar conhecimentos teóricos às atividades práticas.

Texto e fotos: Catarinas Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *