Brasil,​ ​Mon​ ​Amour dia 20


França​ ​e​ ​Brasil​ ​em​ ​uma​ ​releitura​ ​íntima​ ​e​ ​original

Resultado de uma pesquisa musical e lingüística, em “Brasil, Mon Amour”, o Duo Sassi-Marques reinterpreta uma cuidadosa seleção de canções, que compõem o extenso universo afetivo entre Brasil e França.
A conexão musical entre Brasil e França é histórica. Importantes compositores da nossa música já escreveram em francês ou tiveram suas canções traduzidas na língua de Molière;
algumas delas, inclusive, verdadeiramente populares por lá. Somente para citar alguns dos compositores brasileiros que fazem parte dessa lista: Baden, Vinícius, Chico, Tom, Gil, Wilson Moreira, etc. Já na França, Pierre Barouh, Marcel Camus e Claude Lelouch são alguns dos artistas que fizeram a ligação cultural entre os dois países, em obras que se tornaram ícones
de uma época. Existem também canções francesas traduzidas para o português, populares no Brasil, mas que muitas vezes desconhecemos a origem. Enfim, todo esse rico legado de trocas
e (re)criações além-mar é o ponto de partida do Duo Sassi Marques.
A francesa Sabine Sassi morou no Brasil por dois anos (2013-2015), onde se apaixonou pela cultura, pela língua portuguesa e pela música do Brasil. De volta à Paris, encontrou o violonista baiano Gabriel Marques, que excursionava pela Cidade Luz. “Brasil, Mon Amour” surgiu naquele momento, quase que instantaneamente: foi a maneira mais natural encontrada pelo Duo Sassi Marques de canalizar, em forma de música, toda a paixão mútua entre as respectivas culturas.
Assim, para além do legado histórico franco-brasileiro já existente, ao longo do processo de pesquisa para a montagem de “Brasil, Mon Amour”, novas pontes culturais entre Brasil e França foram criadas pelo Duo. Desta vez, com impressão digital própria, mais pessoal e subjetiva, amalgamando canções que fazem parte da história de cada um, ora por uma temática em comum, ora por um ritmo semelhante ou mesmo uma inspiração mais abstrata.
É assim que surge, com a força do mar, canções de Dorival Caymmi arranjadas
juntamente com canções populares francesas de pescadores; surgem também traduções originais de Sabine Sassi, do português para o francês, de canções de Chico Buarque, e traduções para o português de canções francesas, conhecidas na voz de Henri Salvador, Serge Gainsbourg, entre outros. E, para emoldurar tudo isso, arranjos originais de Gabriel Marques, com seu violão de 7 cordas alicerçado na música brasileira, mas também utilizando referências do rico universo da música francesa.
“Brasil, Mon Amour” é, assim, um espetáculo musical original ao mesmo tempo íntimo, com a marca pessoal do Duo Sassi Marques, e universal, dado o valor artístico das obras já consagradas do repertório, cuidadosamente cosido com a linha que une os corações de Brasil e França.

 

MÚSICA:  SHOW  “BRASIL MON AMOUR”
Data: 20/01 (sábado)
Horário: 20h
Local: Centro Cultural Vidal Ramos – Sesc
Classificação livre | Entrada gratuita

Sinopse: A cantora parisiense Sabine Sassi e o violonista Gabriel Marques apresentam o show “Brasil Mon Amour”. O projeto apresenta um repertório franco-brasileiro que enaltece o amor e a intensa conexão musical entre esses dois países, misturando Dorival Caymmi e Gainsbourg, Chico Buarque e Henri Salvador, Edith Piaf e Ary Barroso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *