Jovem com limitação visual é exemplo de superação


Anderson é cego do olho direito, e tem 38% apenas de visão no olho esquerdo, mas não desiste
JOVEM - Cópia
Ir e vir, trabalhar e desempenhar as funções diárias é uma tarefa comum para grande parte da população. Para outros, com alguma limitação, isso acaba por exigir um esforço maior para realização de atividades rotineiras.
Para Anderson Chaves Schemes, o popular Zóio do bairro Santa Helena, seguir em frente é um desafio. A deficiência visual não foi empecilho para ele.
Anderson ficou cego do olho direito após uma cirurgia, e tem 38% apenas de visão no olho esquerdo, mas não desiste.
Aos 14 anos foi acometido pela Síndrome de Stevens-Johnson, que prejudicou seriamente sua visão. Ficou dois meses em coma, mais três de meses internado em Florianópolis.
Perdeu cabelo, pêlos, unhas e teve diversas queimaduras no corpo em consequência do tratamento e da doença.
“Aqui no Brasil a medicina já me desenganou. Fora do país existe tratamento, mas o custo é alto e eu não tenho condições”, comenta Anderson.
Ele dá exemplo de superação e diz viver bem com a família, esposa e seus dois filhos, e com Deus no coração.
Atualmente ele tem uma oficina de motos e realiza manutenção em geral, recuperação de qualquer marca e modelo.
Um de seus feitos mais recentes foi à restauração de uma moto CG ano 82 (CG Bolinha). “É a terceira moto que restauro por completo”, concluiu.
Segundo Aurélio de Sá, proprietário do Chaveiro Sá, dono da moto e amigo de Anderson, ficou uma relíquia. “Eu tinha uma moto que foi alavanca pra minha vida. Consegui comprar uma igual e ele refez, diz. A história dele me comoveu, pois existe pessoas com dificuldades e não se entregam”, finaliza.
Anderson não perdeu a alegria de viver, além da fé e pensar positivo,  ajuda a manter a casa com o que ganha na oficina.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>